Netsaber » Biografias

Alexandre Magno


356 a.C., Pela, Macedônia
323 a.C.



Alexandre III Magno ou Alexandre, o Grande, rei da Macedônia (336-323 a.C.), conquistador do Império Persa, foi um dos mais importantes militares do mundo antigo. Alexandre nasceu em Pela, antiga capital da Macedônia. Era filho de Felipe II, rei da Macedônia, e de Olímpia, princesa de Epiro. Aristóteles foi seu tutor, ensinou-lhe retórica e literatura, e estimulou seu interesse pelas ciências, medicina e filosofia.
No verão do ano 336 a.C., Felipe II foi assassinado e Alexandre ascendeu ao trono da Macedônia, dando início à trajetória de um dos maiores conquistadores da História.
Destacou-se pelo brilhantismo tático e pela rapidez com que atravessava grandes territórios. Ainda que valente e generoso, sabia ser cruel quando a situação política assim o exigia. Cometeu alguns atos dos quais se arrependeu, como o assassinato de seu amigo Clito em um momento de embriaguez. Como político e dirigente, teve planos grandiosos. Segundo alguns historiadores, elaborou um projeto de unificar o Oriente e o Ocidente em um império mundial. Acredita-se que cerca de 30 mil jovens persas foram educados na cultura grega e em táticas militares macedônicas, sendo aceitos no exército de Alexandre. Ele também adotou costumes persas e casou com mulheres orientais: Estatira ou Stateira, filha mais velha de Dario, e com Roxana, filha do sátrapa Bactriana Oxiartes. Além disso, animou e subornou seus oficiais para que aceitassem mulheres persas como esposas.
Alexandre ordenou que as cidades gregas, após sua morte, lhe adorassem como um deus. Ainda que provavelmente tenha dado a ordem por razões políticas, segundo sua própria opinião e a de alguns contemporâneos, ele se considerava de origem divina. Para unificar suas conquistas, Alexandre fundou várias cidades ao longo de seus territórios, muitas das quais se chamaram Alexandria em sua homenagem. Essas cidades eram bem situadas, bem pavimentadas e contavam com bom serviço de abastecimento de água. Eram autônomas, mas sujeitas aos editos do rei. Os veteranos gregos de seu exército, bem como os soldados jovens, negociantes, comerciantes e eruditos, se instalaram nelas, levando consigo a cultura e a língua gregas. Assim, Alexandre estendeu amplamente a influência da civilização grega e preparou o caminho para os reinos do período helenístico e para a posterior expansão de Roma.

Biografias Relacionadas


- Aristóteles

Filósofo grego. Considerado o fundador da Lógica, sua obra tem grande influência na Teologia cristã na Idade Média. Nasce em Estagira, antiga Macedônia, atual província da Grécia. Muda-se para Atenas aos 17 anos, freqüenta a Academia de Platão e permanece...

- Pirro De Épiro

Rei do Epiro, primo de Alexandre, lendariamente famoso pela frase pronunciada cunhada de vitória de Pirro, após a vitória sobre os romanos, na batalha de Asculum: Mais uma vitória como esta e estarei perdido!, ao felicitar seus generais depois de verificar...

- Xerxes I

Rei persa (486-465 a. C.) filho e sucessor de Dario I, por designação do pai, apesar de não ser o primogênito, notabilizado por suas campanhas durante a segunda guerra contra as cidades gregas, principalmente nas derrotas contra Salamina, Platéia e Micale,...

- Demóstenes

Político e o maior dos oradores gregos e da Antigüidade, segundo Plutarco, nascido em Atenas, associou a honradez política com o ideal democrático e, pelo seu simbolismo, alguns historiadores o consideram o maior orador de todos os tempos. De família...

- Frederico I Barba-roxa

Imperador do Sacro Império Romano-Germânico nascido em Waiblingen, Alemanha, em cujo governo o império conheceu um momento de esplendor. Herdou o ducado da Suábia (1147) e com a morte do tio Conrado III, foi eleito imperador (1152). A pedido do papa Adriano...