Netsaber » Biografias

Agnaldo dos Santos

(Artista Moderno)
1926 - 1962


Exerceu diversas atividades desde os dez anos de idade. Conforme apontou Clarival do Prado Valladares, foi também “trabalhador numa mina de cal”. No estúdio de Mário Cravo Júnior, em Salvador, onde empregou-se primeiro como vigia (1947), Agnaldo iniciou-se na escultura, incentivado por gente como Wilson Cunha, Pierre Verger, José Valladares e Lênio Braga.
Em 1959 e 1961, participou do Salão Nacional de Arte Moderna. Entre outros acervos, integra o do Museu Nacional de Belas Artes. Em 1987, sua obra esteve presente na mostra Brésil Arts Populaires, no Grand Palais, em Paris (França). Roberto Pontual, no livro Entre dois séculos (1987), destacou o “denso arcaísmo nas suas peças em madeira”.









Em 1959 e 1961, participou do Salão Nacional de Arte Moderna. Entre outros acervos, integra o do Museu Nacional de Belas Artes. Em 1987, sua obra esteve presente na mostra Brésil Arts Populaires, no Grand Palais, em Paris (França). Roberto Pontual, no livro Entre dois séculos (1987), destacou o “denso arcaísmo nas suas peças em madeira”.

Biografias Relacionadas


- Orlando Teruz

Pintor e professor, estudou na antiga Escola Nacional de Belas Artes. No Salão Nacional de Belas Artes, em que começou a participar a partir de 1924, foi um dos que lutaram pela criação de uma ala moderna, ao lado de Portinari e de Lúcio Costa. Recebeu...

- Ado Malagoli

Formou-se em artes decorativas na Escola Profissional Masculina, em 1922, sendo aluno de Giuseppe Barchita. De 1922 a 1928 estuda tem com o professor Enrico Vio no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, trabalhando com Francisco Rebolo Gonzales na pintura...

- Benno Treidler

Destacou-se sobretudo como aquarelista, dedicando-se também ao magistério de arte. Estudou na Escola e na Academia de Belas Artes de Berlim com os paisagistas Ferdinand Lechner e Christian Wilberg, respectivamente. Chegou ao Brasil em 1885. Em 1890...

- Arthur Timótheo Da Costa

Com o irmão João Timótheo, Arthur iniciou-se como aprendiz da Casa da Moeda. Ingressou na Escola Nacional de Belas Artes em 1894, tendo sido orientado por Zeferino da Costa, Rodolfo Amoedo, Henrique Bernardelli, entre outros. Em 1907, conquistou o...

- Beniamino Parlagreco

Estudou em Nápoles orientado por Morelli e Palizzi. Em 1895 chegou ao Brasil, fixando residência no Rio de Janeiro. Realizou pintura de gênero, paisagem, marinha e retratos. Participou das exposições gerais da Academia Imperial (de 1897 a 1901, com...