Netsaber » Biografias

ARRELIA

(Palhaço)
1905-2005


O nome do palhaço Arrelia é Waldemar Seyssel. Família circense, desde que nasceu Waldemar foi de circo. Seus pais e até avós eram de circo. Conta Waldemar que o avô era um conde francês, que um dia se apaixonou por uma moça de circo, e por ela deixou o seu castelo e tudo o mais. Daí a família ficou sempre trabalhando em circo, vindo para as Américas. Arrelia,nome que lhe foi dado por um tio, e que o achava muito travesso, já com um mês entrou em cena, pois precisavam de um garoto chorão. E Arrelia chorava tanto, que aquilo provocou risadas no público. E, já maiorzinho, o garoto “arreliento”, foi aprendendo de tudo: barras, trapézio, paralelas, trampolim. E, quando maior, começou a entrar nas “pantomimas” (peças teatrais) um garoto bonito e alto. Morava sempre em casas alugadas pela família e não debaixo da lona de circo. E a mãe fez questão que ele estudasse. Waldemar Seyssel conseguiu entrar na Faculdade de Direito São Francisco, e se formou advogado. Isso foi uma realização e um orgulho para o pai e a mãe, mas nem por isso Waldemar deixou de ser Arrelia. Já tinha deixado o Circo Chileno, do tio, e formado a Companhia Seyssel. Aí começou a verdadeira ascenssão de Arrelia. Só instalado no Largo da Pólvora, em São Paulo, a Cia. ficou 11 anos. Além de vários outros lugares, e várias outras cidades. Foi quando foi inaugurada a TV Tupi de São Paulo, e Arrelia foi o primeiro palhaço a participar, até mesmo nos programas-teste, que aconteceram no Hospital das Clínicas, em São Paulo em começos de 1950. Criou quadros famosos, como o que aparecia só com uma bengala, e o número fazia delirar os espectadores. Também criou e gravou músicas para o carnaval, e para o folclore nacional, como o “Como vai, como vai, como vai ? ”. Só na TV Record ficou 21 anos, apresentando-se todas as semanas com o “Circo do Arrelia”. Arrelia, seu irmão Henrique, que o acompanhou sempre, e seu sobrinho Pimentinha, que veio depois, colocaram o circo em uma posição de importância, dentro da televisão. E Arrelia se orgulha disso. Assim como se orgulha da família. Nascido em 31 de dezembro de 1905, é casado com Dona Arlete, com quem tem filhos, netos e bisnetos. Já não trabalha mais, mas não perde nunca a oportunidade de fazer graça, criar situações curiosas, engraçadas, vivas, inteligente que é. Exemplo de vida e arte, esse grande palhaço, que é o Dr. Waldemar Seyssel.

Biografias Relacionadas


- Torresmo

Brasil José Carlos Queirolo era o nome do palhaço Torresmo. Nasceu em Espírito Santo do Pinhal, cidade do Paraná. Filho de pai uruguaio e mãe argentina, sua vida inteira foi dedicada ao circo, pois ele nasceu na família do palhaço Chicharrão, seu pai,...

- Gaetano Gherardi

Gaetano Gherardi nasceu no Cairo, Egito, em 13 de outubro de 1927. O pai era diplomata italiano, então o garoto recebeu a nacionalidade italiana. A mãe, de sobrenome Dandolo, é descendente de uma das dez famílias que dominaram Veneza. Gaetano Gherardi...

- Carequinha

nome de Carequinha era George Savalla. Natural da cidade de Rio Bonito, no Rio de Janeiro, nasceu em 18 de julho de 1915 e morava em São Gonçalo, também no estado do Rio. Ele iniciou sua carreira com cinco anos de idade. Família circense, atuou em...

- Walter Stuart

Walter Stuart nasceu em 22 de julho de 1922, em Bingüi, estado de São Paulo. Seu nome era Walter Canales. Filho de dona Oni e senhor Canales, irmão de Henrique Canales, irmão de Cachita Stuart, esposo de Moira Stuart e pai de Adriano Stuart. Isso ao nos...

- Waldemar De Moraes

Waldemar Leite de Moraes, tinha somente onze anos quando subiu, sozinho, as escadas da Rádio Record, no centro de São Paulo, para pedir um emprego. Logo procurou o diretor, que era Otávio Gabus Mendes. E conseguiu. Waldemar, filho de Alípio e Emilia,...