BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Evangelho Segundo Mateus
(Sao Mateus - Biblia)

Publicidade
INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS

A . a) Autoria
A tradição unânime da Igreja primitiva, é de que Mateus, um dos Doze, foi o primeiro dos quatro evangelistas a escrever um Evangelho, e que ele o escreveu em aramaico.
A . b) Destinação
Este evangelho se dirigia a judeu ? cristãos de língua grega. Um indício disto são as numerosas expressões judaicas: o parasceve (27,62), raca, geena (5,22), Beelzebu (10,25), e as alusões a costumes judaicos: ablução ritual das mãos antes de comer (15,2). Mateus se interessa particularmente pela sorte de Israel; e preocupa-se com o problema da Lei: que agora deve ser interpretada de acordo com os princípios da superior lei do amor.
a . c) Data
Não é possível datar o evangelho com precisão. É razoável supor que seja mais recente do que Marcos. O interesse pela estrutura da Igreja parece indicar uma data relativamente tardia. Podemos colocá-lo entre a década de 80 a 90 d.C.
b) O esquema
I - Prólogo: narrativa da infância 1-2
II- O Reino aparece
A manifestação preliminar 3-4
O sermão da montanha 5-7
III- Missão salvadora de Jesus
Dez milagres 8-9
Discursos missionários 10
IV- O Reino escondido
Oposição e divisão 11-12
Parábolas do Reino 13
V- O Reino se desenvolve
Formação dos discípulos 14-17
Discurso comunitário 18
VI- A caminho da paixão
Oposição crescente do judaísmo 19-22
Julgamento pronunciado 23-25
VII- Morte e Ressurreição 26-28
c) A Estrutura
Observamos que os cinco discursos da parte central de Mateus são dirigidos: 1) aos seus discípulos (5,1-2); 2) aos doze (10,1-5); 3) à multidão (13,2); 4) aos discípulos (18,1); 5) aos seus discípulos (24,1).
d) O meio ambiente de Mateus
Mateus se interessa especialmente pelo papel e destino de Israel na história. Mas sente também que só há um único povo de Deus em ambos os testamentos, que vem a ser o verdadeiro Israel.
e) A comunidade em Mateus
Neste evangelho se fundem a comunidade e o grupo dos discípulos, Mateus não faz distinção, porque para ele a Igreja é uma realidade sociológica centralizada em Deus, com Jesus como modelo. É uma família de filhos do Pai. Jesus está presente no meio de sua Igreja.


Pe. Jorge Ribeiro




Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia