BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Mensagem
(FERNANDO PESSOA)

Publicidade
Mensagem de Fernando Pessoa é uma obra de complexa estruturação de poemas que se refere a Portugal e sua história, mas principalmente à alma portuguesa. A obra é dividida em três partes: Brasão, Mar Português e O Encoberto. A primeira parte ? Brasão ? remonta às origens de Portugal e a definição da nacionalidade do país. As quantidades e as relações numéricas, constantes no Brasão, têm provável significado esotérico, pois tradicionalmente os brasões portugueses, geralmente representados por um dragão lado, foi substituído pela figura mitológica do Grifo (cabeça de águia, patas de leão), simbolizando a oposição dos contrários. A segunda parte de Mensagem ? Mar Português ? refere-se às grandes viagens e a expansão marítima, portanto o apogeu da história portuguesa, e devida ao espírito heróico de seu povo. A terceira parte ? O Encoberto ? se fixa na figura de D. Sebastião e abrange desde o seu desaparecimento, até a fase de declínio da nação. O tema subjacente na obra é o das viagens, porém há nela um convite, para que o homem viaje para dentro de si, sem medos de suas próprias contradições, e que faça uma reavaliação de seus valores mais essenciais, para que permaneçam suas vontades mais íntimas, superando a superstição e a ignorância. Fernando Pessoa mostra que a história de Portugal, a exemplo do que acontece na história da humanidade, não passa de um desfile sinuoso, enigmático, de gestos e atos cegos, cujo sentido verdadeiro é ignorado.Se não houver determinação e desprendimento para perseguir um ideal, o homem não passará de um morto-vivo.Um dos poemas mais belos e conhecidos de Fernando Pessoa está na obra Mensagem e chama-se : Mar PortuguêsÓ mar salgado, quanto do teu salSão lágrimas de Portugal!Por te cruzarmos, quantas mães choraram,Quantos filhos em vão rezaram!Quantas noivas ficaram por casarPara que fosses nosso, ó mar!Valeu a pena? Tudo vale a penaSe a alma não é pequena.Quem passar além do BojadorTem que passar além da dor.Deus ao mar o perigo e o abismo deu,Mas nele é que espelhou o céu.




Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia