BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


O Romantismo No Brasil
(Literatura Brasileira)

Publicidade
O início oficial do Romantismo brasileiro é situado pelos estudiosos em 1836 e se estendeu até 188l. Foi o primeiro movimento da chamada Era Nacional da nossa literatura; assumiu, por isso, a tarefa de criar uma arte literária autenticamente brasileira, capaz de expressar as peculiaridades do país recém-libertado.
A produção literária do romantismo foi muito grande. A poesia costuma ser dividida em três ?gerações?, cada uma devidamente caracterizada.

A PRIMEIRA GERAÇÃO DA POESIA ROMÂNTICA

Entre 1833 e 1836, um grupo de intelectuais brasileiros do qual faziam parte entre outros, Domingos José Gonçalves de Magalhães, esteve na Europa para estudar. Procurando divulgar a cultura e realidade brasileiras, esses intelectuais fundaram, em 1836, em Paris, a Revista Niterói ? Revista Brasiliense de Ciências, Letras e Artes.
Foi no primeiro número da revista Niterói que Gonçalves de Magalhães publicou seus primeiros trabalhos.
A estética romântica pregava a valorização do elemento local através da poesia indianista. A religiosidade em tom solene vinha de um sentimento que se manifesta pela percepção da presença da divindade na natureza, um sentimento panteísta.
A obra poética de maior expressão da primeira geração romântica foi produzida por Gonçalves Dias, que não participou das atividades do grupo parisiense.

SEGUNDA GERAÇÃO DA POESIA ROMÂNTICA ? MAL DO SÉCULO

A segunda geração poética do nosso romantismo surge com sinais de que a poesia romântica brasileira adquire novas feições em relação ao nacionalismo e a religiosidade.
Seus poetas estão voltados para a própria individualidade, preocupando com seus sentimentos e frustrações. Inspirados pelo poeta inglês George Gordon Byron, mais conhecido como Lorde Byron, cuja vida aventurosa exerceu fascínio sobre os jovens intelectuais da época. Nos poemas da segunda geração romântica est6ão presentes as tendências que definem a geração Mal do Século: individualismo exacerbado,pessimismo e desencanto diante da vida, que passa a ser considerada uma experiência tediosa.
Coincidentemente os quatro principais poetas que representam essa geração morreram todos muito jovens. Poetas: Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Fagundes Varela e Junqueira Freire.



TERCEIRA GERAÇÃO DA POESIA ROMÂNTICA

A partir de 1860, principalmente, começa a ganhar força uma nova tendência: a da poesia social e humanitária, preocupada com a divulgação e o debate das questões como o direito dos povos à independência, a abolição da escravidão negra, a erradicação da miséria, o papel da educação na melhoria da qualidade de vida do ser humano. No Brasil surge uma poesia engajada, dedicada à propaganda ideológica, normalmente em tom grandiloquente.
O maior representante dessa nova tendência foi Castro Alves.



Resumos Relacionados


- Byron - O Ídolo Do Mal Do Século

- Byron - O Ídolo Do Mal Do Século

- A Terceira Geração Romântica

- Lira Dos Vinte Anos

- Lira Dos Vinte Anos



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia