BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Clarissa
(Erico VERISSIMO)

Publicidade
 
 
 
Um pouco. Clarissa  tem  13 anos e mora na pensão da tia enquanto estuda em Porto Alegre. Ela é muito curiosa, e procura descobrir o mundo, a adolescência e sobretudo a vida. Da  escola não gosta muito. Da fazenda sente saudades em sua cidade natal, Jacarecanga  e observa as pessoas que moram na pensão da tia e na vizinhança: Ondina, a infiel esposa de Barata; Amaro, o músico triste e contemplativo; o distraído major; a conservadora tia e seu desempregado marido; a abastada família rica que mora ao lado e a viúva com o infeliz filho mutilado. Este, Tonico, perdeu as duas pernas num acidente de bonde e pensa em marchar com exércitos. Frágil, acaba por morrer. Quanto a Amaro, este sempre contempla Clarissa, sua juventude, sua inocência, sua beleza aflorando na menina que vai se tornando cada vez mais  linda e atraente  moça. Clarissa faz 14 anos (e ganha permissão para usar salto alto) e passa na escola. O livro acaba com Clarissa voltando para Jacarecanga que ali encontra um primo , enquanto que Amaro fica triste na pensão a pensar continuamente nela. O primeiro romance de Érico Veríssimo, Clarissa apresenta um panorama da vida de uma jovem na Porto Alegre de 1932 e inicia a história que se estenderá por seus romances da primeira fase.




Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia