BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Você É Do Tamanho Dos Seus Sonhos
(César Souza)

Publicidade
O autor oferece um novo ponto de vista para os sonhos. Propõe que os sonhos devem ocupar a cadeira de projeto de vida, e que devem ser cultivados e realizados. O autor revela que para ele só um sonhador e executor de seus sonhos é uma pessoa feliz e competente no que faz. Chamou-me a atenção a frase: ?Não basta sonhar fora do escritório, ser feliz só após as 18 horas?. Esta frase implícita que os sonhos devem ser vividos por toda a vida, no dia-a-dia. O autor diz que ?Sonhar é inventar o futuro?. Eu concordo com esta frase pois geralmente nossos sonhos são algo para longo prazo, são desejos que do ponto de vista de quem sonha, é desafiador chegar lá, e portanto não tem um caminho específico a ser percorrido, necessitando inventar o futuro. Outro aspecto importante do livro é a diversificação de sonhos. O autor afirma devemos ter sonhos para várias áreas da vida: profissional, familiar, empresarial, comunitário e para o país ou mundo.
Isto quebra a noção de que sonhos devem ser algo único, que desejamos muito quando criança, e que por isto, oferecem maior realização. Os sonhos são dinâmicos e flexíveis, pois as pessoas que sonham também o são. Uma máxima do atual presidente, Luís Inácio Lula da Silva, exemplifica muito bem isto. ?A cabeça tem esse formato para que as idéias circulem?. Portanto, os sonhos podem sim mudar pois as nossas idéias também mudam. A grande contribuição do livro foi a citação dos obstáculos que surgem na realização dos sonhos, pois são os obstáculos que desanimam as pessoas no meio do caminho.Dentre elas o medo de errar foi a que mais me chamou a atenção. Ao longo da vida as pessoas vão se frustrando e com isso vem o medo de errar. Só que se não errar mais e mais, jamais irá acertar. Uma idéia nova que o autor insere para a palavra sonho é a de que os sonhos devem ser sonhados em conjunto e que uma pessoa pode se realizar contribuindo para o sonho de outra pessoa. Isso mostra que sonhos são coisas particulares para a realização pessoal. O apoiador do sonho alheio pode compartilhar do sonho do outro e se realizar com o feito. E por fim não concordo com o autor quando ele cita e justifica traços e peculiaridades do sonhador no capítulo VII. Ele diz: ?Os realizadores de sonhos não formam seguidores, mas líderes.?, ?Os realizadores de sonhos sabem motivar pessoas.?, ?Não briga com o cunhado, preservando assim o apoio da irmã.?, etc. Estas características, que o autor diz terem os sonhadores, cria um conjunto no qual poucas pessoas da sociedade se inserem, dá a perspectiva de que só pessoas assim podem realizar seus sonhos, e que os que não são assim, não podem apreender a ser. Acredito que todos podem realizar seus sonhos, a seu modo, claro que com os pés no chão, mas não devem ter características específicas. Pouco importa se a pessoa hierarquiza ou não seus sonhos, se escreve no papel ou não, cada um tem seu modo de organização. Os psicólogos dizem que as pessoas podem ser auditivas, visuais ou sinestésicas. Para uma pessoa auditiva escrever não fará muito efeito quanto ouvir, por exemplo. O autor colocou no livro seus métodos de organização como universais e cruciais para a realização dos sonhos.



Resumos Relacionados


- Sonhar Sempre

- Nunca Desista Do Teu Sonho

- Nunca Desista Do Teu Sonho

- Sonhos Dos Sonhos

- Acredite



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia